10.12.14

Tudo sobre Glacê Real

O assunto hoje é  Glacê Real!



Existem 3 maneiras de fazer o Glacê. 


MIX PRONTO

Existem no mercado algumas marcas de Glacê pronto, você  encontra em lojas especializadas em artigos de confeitaria. Para preparar é só misturar água filtrada.
Prós: fácil de preparar, conteúdo da embalagem não estraga depois de aberta.
Contra: o sabor.
Minha opinião: é ótimo  pra quem está começando e está aprendendo todas as técnicas de decoração com glacê.




COM CLARAS
Sem dúvida é a opção mais autêntica e saborosa! MAS você  deve ter muito cuidado ao usar ovos em receitas que não serão assadas ou cozidas, isso porque os ovos podem conter uma bactéria, a Salmonella,  e ela pode causar uma doença que pode ser muito grave. Por isso, nestes casos, eu recomendo a utilização de claras pasteurizadas.
Prós: sabor.
Contra: claras pasteurizadas podem ser difíceis de encontrar, são comercializadas em embalagens de 1l. e depois de aberto deve ser consumido em 24hs.
Minha opinião: É a receita ideal para usar quando você tem um volume grande de encomendas, no caso de bolachas. Para quem vai  usar grandes quantidades de uma vez só, por exemplo pra decorar um bolo, também acho uma ótima opção.


SEM CLARAS

Essa receita é muito prática, o sabor dela é um pouco melhor do que o sabor do mix, o pó para merengue é encontrado em lojas de artigos para confeiteiros.
Prós: Sabor, praticidade.
Contra: Estou tentando lembrar de um "contra", se você lembrar deixa nos  comentários :-)
Minha opinião: É uma boa opção, pra quem está começando e pra quem não precisa de grandes quantidades de glacê.


   Para saber mais sobre glacê, principalmente sobre como acertar o ponto  para decorar bolachas assista o vídeo :-)



                       

8.12.14

Qual a diferença entre fermento e bicarbonato?

  Oi pessoal, 
  a primeira vez que essa dúvida me ocorreu eu estava  procurando uma receita num site americano, ou seja, as receitas estavam em inglês.


Curiosidade: Fermento em inglês é baking powder e Bicarbonato é baking soda. Como os nomes são parecidos é bom prestar atenção!

Tanto o fermento quanto o bicarbonato são usados na confeitaria como agentes de fermentação, ou seja, são adicionados a receita para que ocorra a liberação de dióxido de carbono, o que no final das contas vai fazer a massa crescer! 



BICARBONATO DE SÓDIO
   O bicarbonato de sódio é encontrado em supermercados, fica naquela  parte que tem temperos pendurados, sabe? 
  Quando misturado com algo úmido e um ingrediente ácido (ex: iogurte, sourcream, mel) ocorre a reação que  libera as "bolhas" de dióxido de carbono, a temperatura elevada do forno potencializa essa reação. Vale  lembrar que  a reação começa  assim que o bicarbonato é misturado na massa, por isso a massa deve ser assada logo em seguida! 

FERMENTO EM PÓ
    O fermento em pó nada mais  é do que o bicarbonato com um agente acidificante (fosfato monocálcico) e amido de milho  para controlar a umidade.       O fermento geralmente é usado em receitas que contem ingredientes com sabor neutro, como leite.    

DICAS
     É possível substituir o bicarbonato pelo fermento em uma receita, você vai precisar de de um pouco mais de fermento.
     Não é possível substituir o fermento pelo bicarbonato, a não ser que você acrescente um ingrediente ácido na receita.
    Você pode fazer seu próprio fermento, é só misturar 2 partes de cremor tartar  e 1 parte de bicarbonato.


1.12.14

Seleção: Arte da Ka

  Quem  curte  bolos  decorados com certeza já cruzou com imagens dos bolos  da Karine! 


   Ela trabalha exclusivamente com bolos cenográficos decorados com biscuit e tem um estilo próprio que eu curto  bastante! 


   As imagens deste post estão todas no pinterest, é só dar uma busca por "artedaka" pra ver mais  imagens. O  site dela também vale uma visita é www.artedaka.com.br.



















18.11.14

Por que meu bolo ficou pesado / denso?

    Um problema relativamente comum pra quem faz bastante bolos é o bolo que fica pesado, denso. Comigo acontece muito quando testo  receitas, principalmente gringas e mais diferentes!  



   
   Fiz uma longa pesquisa e pude perceber que  existem tantas "teorias" a respeito do bolo denso  que chegam a ser contraditórias! Vou citar algumas das que eu li por aí!


  • Muita farinha
  • Pouca farinha (não matem o mensageiro!)
  • Forno muito quente
  • Pouco fermento (fermento inativo)
  • Excesso  de líquidos na massa
  • Adicionar os ovos muito rápido
  • Tempo e velocidade da batedeira durante a preparação da massa 

   
    Posso dar algumas dicas que diminuirão a probabilidade do  seu bolo dar errado.

    Primeiro, verifique se você está colocando a quantidade certa de todos os ingredientes. Se for uma receita americana, verifique se a conversão do peso dos ingredientes para o sistema métrico estão corretas.
    Cheque o seu fermento! (é só colocar 1 colher de chá do fermento em um copo com água morna. Se a água borbulhar, significa que  seu fermento está bom!)
   Algumas receitas indicam a utilização de farinhas que já tem fermento, eu evito usar, substituo pela farinha normal e coloco o meu fermento a parte.
    Nos bolos  que utilizam manteiga, sempre há a indicação de bater a manteiga com o açúcar. O ideal  é utilizar a  velocidade média da batedeira e bater por 4 a 6  min. (a não ser que a sua receita traga alguma outra instrução). Depois de adicionar a farinha misture gentilmente até incorporar os ingredientes.
  Cuidado com a temperatura do forno! Bolos não gostam de altas temperaturas!! O ideal  é manter 180ºC e não se esqueça de pré-aquecer o forno pelo tempo indicado na receita, SEMPRE!
     
       É  isso, cozinhar é assim mesmo, não dá para acertar 100% das vezes! Mas quando a dá tudo certo  é tão bom!!!
    



14.11.14

Tudo sobre bolachas decoradas / Ep.1 Receita

Olá,

  preparei um tutorial em vídeo, uma série de mais ou  menos 8 episódios sobre tudo o que você precisa saber sobre bolachas decoradas.


                       

 A receita  que eu utilizei é esta daqui! Ela é excelente para iniciantes porque não tem pegadinhas. Existem receitas mais saborosas, mas que não dão certo em 100% das vezes.

  No  caso das bolachas a pressa é inimiga da perfeição! Tente respeitar o tempo de geladeira, que deve ser de pelo menos 8 horas!!



  Em breve publicarei o segundo episódio, com dicas para cortar as bolachas e assá-las!